Dirigentes da FNU,  CNU,  FRUNE,  FITUESP,FTIU-N, FSUL, FURCEN  e Federação do Sudeste  estarão reunidos até o dia 09 de abril, na Escola Sul da CUT, em Florianópolis, para o planejamento estratégico. Essa atividade é de fundamental importância para as entidades para o próximo período, pois tem por objetivo traçar as ações de luta, organização e mobilização dos trabalhadores urbanitários.

Os desafios colocados são muitos, como a privatização do saneamento via PPPs e outras modalidades, a privatização das distribuidoras de energia do Sistema Eletrobras, o ataque aos direitos trabalhistas propostos por um congresso reacionário, e principalmente a tentativa de Golpe das elites e da grande imprensa contra um governo eleito democraticamente.

As entidades sindicais sabem que o país vive um momento muito delicado, pois se houver o Golpe uma agenda ultraconservadora será implementada, com retirada de direitos, privatizações em massa e criminalização dos movimentos sociais e sindical. Portanto, é fundamental planejar as ações dos setores, mas sem perder de vista a conjuntura.