O Sindaen foi informado que a Sanepar está convocando os trabalhadores que dirigem veículos no desempenho da sua função para que paguem multas acumuladas nos últimos anos.

Para a presidente do Sindaen, Vera Nogueira, esta atitude tomada pela empresa é um grande absurdo pois a Sanepar não transmite nenhum tipo de segurança ao sanepariano que está atrás do volante. “A Sanepar não paga dupla função para os que além de exercerem seu trabalho se arriscam no volante e nem mesmo paga seguro para os veículos. É tudo por conta e risco do trabalhador”, explica. Todas estas exigências são feitas anualmente pelo sindicato na pauta do ACT, mas a empresa sempre se recusa a fazer o repasse e dar mais segurança para os trabalhadores.

As multas cobradas são atuais e muitas são retroativas, com relatos de que algumas possuem mais de 3 anos de execução.

Como não existe nenhuma compensação pela dupla função e existe esta exposição do trabalhador ao risco, o sindicato orienta que os trabalhadores não assinem qualquer documento em relação a estas multas. Esta cobrança por parte da Sanepar é totalmente injusta, uma vez que a empresa se mostra totalmente resistente a recompensar o trabalhador pelo ato e responsabilidade em dirigir. Já que é uma decisão da empresa, que ela faça de forma unilateral, sem a necessidade de procurar o trabalhador para pagar estes valores.