Como já é de costume, o Sindaen e demais sindicatos majoritários cumpriram suas partes e fizeram todo o esforço para encaminhar o ACT na data base. Porém, a Sanepar com sua costumeira demora, enviou a proposta ao ACT apenas quando iniciou-se nacionalmente o isolamento social devido à pandemia do covid-19 – pois as recomendações mundiais de prevenção precisam ser seguidas.
Mesmo neste período de pandemia e quarentena, os sindicatos majoritários buscaram a melhoria da proposta apresentada, mas não houve avanço até o momento.
O Sindaen tem responsabilidade com a segurança da saúde das trabalhadoras e trabalhadores, bem como com a legalidade dos atos praticados.
O Sindaen também entende que respaldar seus atos sindicais em texto de Medidas Provisórias não é a melhor decisão. No entanto, continua a busca de mais entendimentos com a Sanepar, o diálogo com os sindicatos parceiros e com a assessoria jurídica, a fim de realizar a assembleia da melhor forma possível. A intenção é termos uma solução no próximo mês de maio.
O Sindaen pede a compreensão para termos encaminhamentos que sejam melhores para ambas partes agora e futuramente.

Direção do Sindaen